Peeling Químico

A pele é o maior órgão do nosso corpo. São milhões de células que nos protegem do meio ambiente e regulam nossa temperatura corporal. Com o decorrer do tempo, manchas escuras, finas linhas e outros sinais de dano solar e envelhecimento começam a aparecer.
Um dos métodos de tratamento da pele é o peeling químico, que consiste em uma solução aplicada na pele, para renovar células mortas e promover a produção de novas, compactando a pele, reduzindo o número de rugas e rejuvenescendo.

Todos os dias, milhares de células da pele morrem, descamam e são substituídas por novas. Com o envelhecimento, esse processo torna-se mais lento, dificultando para a pele renovar manchas escuras ou corrigir o dano causado pelo sol. A função de um Peeling Químico é criar uma descamação controlada de várias camadas de células danificadas.
Quando um agente esfoliativo é aplicado na pele, as camadas superiores renascem e, após alguns dias, descamam. Isto expõe uma camada nova, com uma textura mais lisa e coloração mais uniforme. Somado a isso, a esfoliação estimula o crescimento de novas células, esticando a pele, diminuindo as rugas.

Portanto, pode efetivamente melhorar a textura da pele, eliminar sardas e manchas irregulares, dano solar (incluindo lesões pré-cancerosas, rugas finas) e diminuir cicatrizes de acne.

Existem vários tipos de agentes esfoliativos, e em variados concentrações, que podem ser usados. Apesar de um Peeling normalmente ser suficiente para melhorar a aparência de sua pele, alguns problemas são mais profundos que outros. Você pode necessitar de concentrações mais potentes, ou mais de um Peeling para atingir os melhores resultados.

O procedimento é realizado em consultório sem necessidade de internação. Assim que a medicação é aplicada, durante 05 a 07 minutos acontece sensação de ardência e queimação, que desaparece sem necessidade de sedação ou anestesia.

A maioria das pessoas necessita de 05 a 07 dias para recuperação do Peeling de média profundidade. Durante esse tempo, não há dor, mas a pele mostra aparência de severa queimadura solar. Por esse motivo, a maioria dos pacientes permanece em casa. Como a pele fica sensível à luz por várias semanas, é muito importante afastar-se de exposição solar forte, usar filtro solar e adotar outras medidas de proteção.