Mini-abdominoplastia

Cirurgia Plástica Abdominal

  1. O que é a Mini-abdominoplastia?
    Cirurgia que retira o excesso de pele da parte inferior do abdômen (”pé da barriga”).
  2. Onde fica a cicatriz?
    Fica localizada acima do púbis, onde geralmente é feita a cesárea, se estendendo lateralmente.
    Isto quer dizer que é maior que uma cicatriz de cesárea.
  3. Qual a diferença entre Mini-abdominoplastia e Abdominoplastia?
    • Abdominoplastia: Cicatriz maior que a mini-abdominoplastia. Toda a pele e gordura do umbigo para baixo é retirada. Existirá uma cicatriz em torno do umbigo. Trata também flacidez de pele acima do umbigo, pois toda a pele é esticada para baixo. Trata também a flacidez muscular (plicatura dos reto-abdominais).
    • Mini-abdominoplastia: Cicatriz menor que a abdominoplastia, mas geralmente maior que a cesárea. A retirada de pele e gordura é menor que na abdominoplastia, e neste caso somente um fuso acima do púbis é retirado. Não existe cicatriz no umbigo.
  4. Quando é indicada?
    Para pacientes com flacidez e excesso de pele somente na região infra-umbilical. Para pacientes que farão a lipoaspiração e irão evoluir com flacidez infra-umbilical após a lipo.
  5. Quando é contra-indicada?
    Pacientes com flacidez em todo o abdômen. Pacientes que apresentam uma flacidez muscular importante.
  6. Que tipo de anestesia é utilizada?
    Anestesia peridural ou raqui, sempre com sedação.
  7. Qual o tempo de internação?
    Apenas de 12 horas.
  8. É necessário o uso de dreno?
    Nem sempre, mas em alguns casos poderão ser indicados.
  9. O pós-operatório é doloroso?
    Não. O pós-operatório da mini-abdominoplastia é praticamente sem dor. Vários analgésicos serão receitados para que o pós-operatório seja bem tranqüilo.
  10. Vou poder me esticar após a cirurgia?
    Sim.
  11. É necessário o uso da cinta cirúrgica?
    Sim. A cinta deverá ser usada por um período mínimo de 30 dias. Iremos recomendar também uma espuma que será colocada abaixo da cinta para proteger a pele que estará inchada após a cirurgia.
  12. Devo fazer drenagens linfáticas após a cirurgia?
    Sim. Pelo menos 10 sessões de drenagem linfática devem ser feitas, com profissional habilitado. Isso vai evitar um acúmulo maior de líquidos na região operada e irá acelerar sua recuperação.
  13. Quais são os cuidados no pós-operatório?
    Iremos orientar quanto a troca de curativos. Iniciar as drenagens linfáticas conforme recomendado. Utilizar a cinta e espuma por um período de 30 dias. Evitar atividades físicas até nossa liberação.